O envelhecimento é um processo natural do ser humano, que resulta em alterações de ordem funcional e estética no organismo, tais como como enfraquecimento de unhas e cabelos e perda de elasticidade da pele. Com o passar dos anos, a atividade metabólica das células corporais tende a ficar mais lenta, resultando em alterações de ordem funcional e estética.

A pele é o órgão que mais sofre alterações de ordem estética com o passar dos anos, uma vez que a derme está constantemente exposta a fatores externos como exposição à radiação ultravioleta, poluição, pesticidas, tabagismo e, ao longo dos anos, e também passa por perdas de colágeno, principal componente da pele responsável por sua sustentação e firmeza, acelerando o processo de envelhecimento e a formação de rugas e aumentando a flacidez da pele.

Já as alterações frequentemente observadas em cabelos e unhas podem ser causadas por uma série de fatores relacionados aos indivíduos, como o estresse, problemas de absorção de nutrientes, hipotireoidismo, descompensações hormonais, entre outros, e por fatores relacionados ao ambiente, como como por exemplo uso constante de produtos químicos, secador e chapinha sobre os cabelos, exposição excessiva dos fios ao sol, bem como unhas constantemente em contato com detergentes, produtos de limpeza, esmaltes e acetona.

A melhor forma de se restabelecer a saúde da pele e de unhas e cabelos frágeis, quebradiços e com dificuldade de crescimento é identificar e tratar/controlar o agente causador do problema e fornecer ao organismo os substratos necessários para a rápida recuperação da vitalidade e força desses tecidos.

Alguns nutrientes são particularmente importantes para retardar o processo de envelhecimento da pele, tais como vitaminas e minerais com elevado poder antioxidante, como vitamina A, C, E, entre outras, que podem ser obtidos através de uma dieta equilibrada, rica em frutas, verduras e legumes ou por meio de suplementos nutricionais específicos, além da reposição do colágeno, para garantir efeito benéfico e protetor sobre a pele.

No caso dos cabelos e unhas é possível destacar outras vitaminas e minerais, tais como o ferro (que melhora o transporte de oxigênio para as células, favorecendo o crescimento dos fios), zinco e magnésio (contribuem para a formação dos fios, prevenindo enfraquecimento e queda), vitamina A (participa do processo de queratinização, garantindo o fortalecimento de unhas e cabelos), ácido pantotênico (atua na regeneração celular, contribuindo para o crescimento de unhas e cabelos), dentre outros.

Hábitos de vida saudáveis aliados ao consumo de nutrientes específicos e em quantidades adequadas são uma estratégia interessante para suprir as necessidades diárias do organismo e estimular um metabolismo mais eficiente.

  • Referências

    1. Morimoto SMI, Dias LDCV, Higuchi CT. Nutricosméticos–legislação nacional. Interfac EHS-Revista de Saúde, Meio Ambiente e Sustentabilidade. 2014;8(3).

    2. Nassif PW et al. Vitaminas e minerais–uma revisão sobre efeitos colaterais. UNINGÁ Review. 2012;12(2).

    3. Goldberg LJL, Lenzy Y. Nutrition and hair. Clinics in dermatology. 2010;28(4):412-419.

    4. Scheinfeld N, Dahdah MJ, Scher R. Vitamins and minerals: their role in nail health and disease. Journal of Drugs in Dermatology. 2007;6(8):782.

    5. Finner AM. Nutrition and hair: deficiencies and supplements. Dermatologic clinics. 2013;31(1): 167-172.

    6. Monteiro EDO. Cosmecêuticos-Atualização. Rev Bras Med. 2014;71(g4).

    7. Hirata LL, Sato MEO, Santos CAM. Radicais livres e o envelhecimento cutâneo. Acta Farmacêutica Bonaerense. 2004;23(3): 418-424.

    8. Adriaenssens KA. Suplementação de colágeno hidrolisado e seu impacto no tratamento de osteoartrite e artrite reumatoide: uma revisão da literatura. Brasília. Tese [Trabalho de conclusão de curso em Ciências da Educação e Saúde] – Centro Universitário de Brasília; 2015.

    9. Da Silva TF; Ana Lúcia BP. Colágeno: Características químicas e propriedades funcionais. Rev Inst Adolfo Lutz. 2012;71(3).

    10. Kede MPV, Sabatovich O. Dermatologia estética. Rev e ampl. São Paulo: Atheneu, 2009. / 4.Vieira FNM. Mecanismos moleculares do envelhecimento cutâneo: dos cromossomos às rugas. São Paulo: Artes Médicas, 2007.

    11. Moriscot AS, Carneiro J, Abrahamsohn PA. Histologia para Fisioterapia e outras áreas da Reabilitação. Guanabara-Koogan, 2004.